A PRÁTICA ESPORTIVA COMO INSTRUMENTO DE INCLUSÃO: UM ESTUDO DE CASO SOBRE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO DE ALUNO COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA)

Perolina Souza Teles, Cândida Luisa Pinto Cruz

Resumo


O presente artigo analisa a prática pedagógica inclusiva, desenvolvida com um aluno com Transtorno do Espectro Autista (TEA), através da prática esportiva do Judô. O nosso objetivo é retratar como essa atividade auxilia na inclusão e no desenvolvimento de uma criança com TEA. As principais referências: Mantoan (2015), Orrú (2012) e Vygotsky (1989), entre outros. A metodologia utilizada foi o estudo de caso, utilizando como estratégias a observação da cerimônia de troca de faixa e a entrevista com o professor de Judô, partindo também da transcrição do questionário de perguntas abertas realizadas. Finalizamos fazendo uma reflexão sobre a importância da prática esportiva, enquanto aprendizado lúdico, estabelecendo e fortalecendo os laços sociais, o qual oportuniza a inclusão em diversas esferas sociais (escola, família, grupos de apoio, círculos de amizade).


Palavras-chave


Inclusão; Judô ; Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Encontro Internacional de Formação de Professores e Fórum Permanente de Inovação Educacional

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.