UM BREVE RELATO HISTÓRICO DO ENSINO DE LIBRAS NO BRASIL

Zaiane dos Santos Souza Farias, Elisson Souza de São José, Alisson dos Santos Farias

Resumo


O presente trabalho tem como finalidade discutir sobre fatos ocorridos no decorrer da história no que diz respeito à comunidade surda e ao ensino de LIBRAS no Brasil. Para abordagem do tema foi realizado um levantamento bibliográfico entre artigos científicos, periódicos, leis, documentos e livros que tratam da trajetória percorrida pelos indivíduos surdos em diversos períodos da história aos quais podemos relatar: idade antiga, média e moderna, chegando até os dias atuais nos mais diversos lugares do  mundo. A história mostra uma luta os indivíduos surdos em busca de seus direitos que nem sequer existiam. As conquistas foram gradativa e a passos lento. É verdade que ainda falta um longo caminho a percorrer, Portanto, o artigo tem o propósito de trazer inquietações para os indivíduos que fazem parte da comunidade surda ou que se interessam pela temática, a fim de promover incentivo em pesquisas vindouras na área e sobretudo despertar um novo olhar acerca do indivíduo surdo, da sua capacidade  e da sua importância dentro da sociedade. Esse estudo fundamenta-se nos principais intelectuais os quais podemos citar: Strobel, Perlin, Rocha, Skiliar, entre outros.


Palavras-chave


LIBRAS; Ensino; Surdo

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Lei N.º 10.436 de 24 de abril de 2002. Brasília, 2002. Disponível em: . Acessado em: 10 de jan. de 2021.

_______, Lei nº 10.436 de 24 de abril de 2002 regulamentada pelo Decreto nº 5.626 de 22 de dezembro de 2005. Brasília, 2005.

________, Lei Nº 12.319, de 1º de setembro de 2010. Brasília 2010. Disponível em: . Acessado em: 10 de jan. 2021.

DUARTE, Soraya Bianca Reis et al. Aspectos históricos e socioculturais da população surda. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.20, n.4, out.-dez. 2013, p.1713-1734.

GRÉMION, J. La planéte des sourds. Paris: Presses Pocket, 1991.

MELLIS, Fernando. Cerimônia de posse terá convidados surdos e tradução em Libras.R7 Notícias. 2019. Disponível em: < https://noticias.r7.com/brasil/cerimonia-de-posse-tera-convidados-surdos-e-traducao-em-libras-01012019>. Acessado em: 15 de jan. 2020.

MORI, N. N. R.; SANDER, R. E.. História da Educação dos surdos no Brasil. IN: Seminário de pesquisa do PPE. Maringá: 2015. Disponível em: . Acessado em: 10 de nov. de 2020.

PERLIN, Gladis; STROBEL Karin. Fundamentos da educação de surdos. Texto- base de curso de Licenciatura de Letras Libras, UFSC, Florianópolis, 2008.

RAMOS, Clélia Regina. In: Histórico da FENEIS até o ano de 1988. Editora Arara Azul, 2004.

RIBEIRO, R. de O. C.;BIERNASKI, S. do R. Aspectos da comunicação do sujeito surdo e sua inclusão na sociedade. In: Congresso Nacional de Educação –EDUCERE. Curitiba, 2017. Disponível em: . Acessado em: 13 de out de 2020.

ROCHA, Solange. A criação de uma escola para surdos no Brasil do século XIX. In O INES e a educação de Surdos no Brasil. Rio de Janeiro. 2008.

STROBEL, Karin. História da educação de surdos. UFSC, Florianópolis, 2009.

SKILIAR, Carlos. Um olhar sobre as diferenças. Editora Mediação, 8º edição, Porto Alegre, 2016.

WITKOSKI, Sílvia Andreis. Surdez e preconceito: a norma da fala e o mito da leitura da palavra falada. In: Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Simpósio Internacional de Educação e Comunicação - SIMEDUC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.