A DEFECTOLOGIA DE VYGOTSKI E SUAS POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO ESCOLAR DE ALUNOS COM TEA

Shaiany Gonçalves da silva Nunes, Bento Selau

Resumo


O presente trabalho objetiva verificar nas proposições de Vygotski (1997) concepções que possam ser utilizadas na educação escolar de alunos com TEA. Metodologicamente, este trabalho foi guiado pelo procedimento da pesquisa bibliográfica (LIMA e MIOTO, 2007). Foram analisados os textos da Defectologia de Vygotski Obras Escogidas - Tomo V (1997), bem como artigos científicos que tratassem dessa temática. Chamar-se-á a atenção para algumas destas contribuições (e se deixarão outras de lado), que se observarão mais de perto neste texto.


Palavras-chave


Defectologia; Vygotski; Transtorno do Espectro Autista

Texto completo:

PDF

Referências


BOSA, C. A. Autismo: Atuais interpretações para antigas observações. 2002. Disponível em: http://peadinclusao.pbworks.com/f/palestracleonice.pdf. Acesso em: 05 ago. 2020.

BOSA, C. A. Inclusão de crianças com Transtornos Globais do Desenvolvimento. In: Santarosa, Lucila Maria Costi (org). Tecnologia e acessibilidade: passos em direção à inclusão escolar e sociodigital, Porto Alegre: Evangraf, 2014. p. 43-50.

COSTAS, F. A. T.; SELAU, B. Fundamentos de defectología e a formação de professores de Educação Especial no Brasil. Dossier: Vygotsky’s Defectology, Educação, Porto Alegre, v. 41, n. 3, p. 401-410, set./dez. 2018. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/31865. Acesso em: 07 ago. 2020.

GIEST, H. Vygotsky’s Defectology: A Misleading Term for a Great Conception. Educação PUCRS, Dossier: Vygotsky’s Defectology, Porto Alegre, v. 41, n. 3, p. 334-346, set./dez. 2018.

GINDIS, B. Remediation Through Education: Sociocultural Theory and Children with Special Needs. In: KOZULIN, A. et al. Vygotsky’s Educational Theory in Cultural Context, New York: Cambridge University Press, p. 200-221, 2003.

LIMA, T. C. S.; MIOTO, R. C. T. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Rev.Katál., Florianópolis, v. 10, n. esp. p. 37-45, 2007.

NETO, N. B; LEAL, D. Contribuições para uma historigrafia da defectologia soviética. Nuances: estudos sobre educação, Presidente Prudente, SP, v. 24, n. 1, p. 73-91, jan./abril 2013.

SELAU, B. A cegueira em foco: os diferentes posicionamentos teórico-práticos de Vygotski sobre a psicologia e pedagogia do cego In: Linguagens, Educação e Sociedade: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPI/Universidade Federal do Piauí/Centro de Ciências da Educação, ano 18, n. 29, 2013 – Teresina: EDUFPI, 2013.

STETSENKO, A.; SELAU, B. A abordagem de Vygotsky em relação à deficiência no contexto dos debates e desafios contemporâneos: Mapeando os próximos passos. Educação, Porto Alegre, v. 41, n. 3, p. 315-324, set./dez. 2018.

VAN DER VEER, R.; VALSINER, J. Vygotsky: uma síntese. 5. ed. São Paulo: Loyola, 2006.

VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas: Fundamentos de defectología. Madrid: Visor, 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Simpósio Internacional de Educação e Comunicação - SIMEDUC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.