Primeiras Aproximações sobre os Fatores que Interferem na Motivação e no Desempenho do Aluno de Ensino Médio no que diz respeito à Disciplina Inglês: Um Estudo de Caso no Colégio Ministro Petrônio Portela.

Jorge Oliveira da Silva

Resumo


RESUMO: Esta pesquisa tem o objetivo de investigar os fatores que interferem na motivação do aluno do Ensino Médio em um colégio estadual na grande Aracaju, localizado na Farolândia, um dos bairros mais populosos da cidade, no que diz respeito à disciplina inglês, constituindo-se em um Estudo de Caso com base na abordagem qualitativa. Observa-se que tem havido uma diminuição do número de docentes formados na área relacionada com o ensino de inglês. Sendo um aspecto a ser identificado nessa pesquisa, tem-se como hipótese que a falta de interesse e desmotivação no aprendizado da língua inglesa e a falta de perspectiva em relação à mesma enquanto carreira a ser seguida são causas para essa redução de profissionais. Observa-se um número cada vez menor de pessoas interessadas na formação docente em Letras/Inglês, como também se observa a falta de interesse dos alunos de inglês do ensino médio pelo aprendizado efetivo dessa língua.

Palavras-chave: Abordagem Comunicativa, Inglês, Motivação.

 

 

INTRODUÇÃO

 

O ensino da língua inglesa como disciplina obrigatória no currículo escolar teve início em 1808 com o decreto de Dom João IV que implantou o ensino de duas línguas estrangeiras visando as relações comerciais que Portugal mantinha com Inglaterra e França.  Atualmente o ensino de língua inglesa no brasil é oferecido em contextos diversos: universidades, faculdades, escolas públicas e particulares de ensino fundamental e médio, escola de idiomas e internet.

 

Com o passar do tempo foram desenvolvidos novos métodos para se trabalhar com o ensino da língua inglesa, um deles é a Abordagem Comunicativa sendo que nela o expoente linguístico nada mais é que a maneira como a função comunicativa realizar-se-á dentro do contexto. A escolha adequada desses itens linguísticos é determinada pela competência do falante (AMORIM, 2016. p. 6).

 

Logo, esse método acaba sendo uma peça importante no projeto pois é com base na Abordagem Comunicativa que iremos realizar atividades lúdicas em turmas do Ensino Médio de um colégio estadual na grande Aracaju, localizado na Farolândia, um dos bairros mais populosos da cidade. Assim, esta pesquisa tem o objetivo de investigar os fatores que interferem na motivação do aluno do Ensino Médio em aprender a língua inglesa.

 

 

MATERIAL E MÉTODOS

 

No século XIX, com uma acentuada expansão escolar, e uma procura social cada vez mais forte, ressurgiu uma preocupação e críticas com relação à educação e ao ensino, na primeira metade desse século, implementaram-se mecanismos progressivamente mais rigorosos de seleção e de recrutamento de professores, porém, quando foi preciso lançar as bases do sistema educativo atual, a formação de professores passou a ocupar um lugar de primeiro plano.

 

Naquele período o corpo docente em sua grande maioria era composto por homens, porque se acreditava que as mulheres não eram capazes de desenvolver esse trabalho, mas na segunda metade daquele século os homens passaram a sair das suas áreas de professores e começaram a trabalhar na indústria por causa das oportunidades que lhes eram oferecidas e do advento da expansão do capitalismo.

 

A profissão docente já foi muito bem conceituada pela sociedade sendo que o professor era o centro da escola, visto com respeito e exemplo de postura pelas pessoas. Mas em meio às novas mudanças tecnológicas e a inserção de novas políticas pedagógicas a perspectiva da sociedade em relação à profissão docente se deteriorou. Em decorrência disso os profissionais de educação tiverem que se adaptar às novas exigências da sociedade moderna de tal maneira que essas mudanças têm sido um desafio para os professores.Com base nessas informações é possível refletir sobre o papel que o professor tem na sociedade moderna.

Observa-se que o interesse pelas licenciaturas, especificamente no curso de Inglês, tem diminuído ano após ano e esse fato é verificável pela diminuição do número de inscritos nos vestibulares para essa área e o número cada vez menor de turmas abertas anualmente nas instituições de nível superior.

Portanto, decidiu-se investigar os fatores que têm levado à diminuição do número de docentes formados nessa área, tendo como hipótese o fato de que a gênese desse desinteresse está no Ensino Médio pelo fato dos alunos desse nível de ensino não terem a sensibilização e práticas com o uso de atividades lúdicas, motivadoras e inovadoras necessárias para estimular o interesse em aprender inglês.

Constituindo-se em um estudo de caso, ressalta-se que a abordagem qualitativa tem sido amplamente usada em estudos e tem se tornado a modalidade preferida daqueles que procuram saber como e por que certos fenômenos acontecem ou, dos que se dedicam a analisar fenômenos dentro de um contexto específico. Nesse sentido, o conceito evidenciado por Macedo (2009, p. 27) ressalta a importância da pesquisa qualitativa pelo fato de que “[...] o conhecimento humano, assim, se constitui em base a processos de totalização que se dão na esfera do pensamento formado-formante-formativo, pela reunião de tudo e pela distinção e definição de todas as suas partes”.

Dessa maneira, serão elaborados roteiros de entrevistas semiestruturadas que serão aplicados no início e ao final da pesquisa a fim de aferir o grau de motivação dos alunos de inglês, no âmbito do ensino médio, do Colégio Estadual Petrônio Portela.

Também serão ministradas 10 aulas com base na Abordagem Comunicativa, sendo que “a ênfase da aprendizagem nessa Abordagem está na comunicação, por isso os materiais usados devem ser autênticos, os diálogos devem representar personagens em situações reais de comunicação, incluindo ruídos, ambientes barulhentos etc.” (AMORIM, 2007, p. 8). 

 

Ressalta-se que, a partir de estudos semânticos e sociolinguísticos desenvolvidos na Europa, a língua passou a ser analisada não como um código isolado, mas como um conjunto de enunciados produzidos por falantes diferentes, inseridos em contextos comunicativos diferentes. Os linguistas europeus aliados à escola americana de Chomsky criaram então a Abordagem Comunicativa.

Nela, o expoente linguístico nada mais é que a maneira como a função comunicativa realizar-se-á dentro do contexto, ou seja, os itens linguísticos que serão escolhidos pelo falante para expressá-la. A escolha adequada desses itens linguísticos é determinada pela competência comunicativa do falante.

Também trabalharemos com os dados coletados das IES (Instituições de Ensino Superior) da grande Aracaju, em relação ao número de inscritos nos vestibulares, de aprovados que ingressam efetivamente no curso de Línguas/Inglês e identificar quantos concluem o curso, como previsto no projeto, com base nesses dados será possível fazer uma reflexão acerca da redução de professores nessa área.

 

 

REVISÃO DE LITERATURA

 

Para esse projeto é necessária a análise e a interpretação do trabalho de algumas autores como também alguns documentos legais para se ter um melhor conhecimento teórico, necessário para a execução do projeto, como por exemplo  os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), a leitura da obra de Demerval Saviani (2014), de muita importância para entender o papel do homem na sociedade e a maneira que ele tem de se adaptar e adaptar a natureza às suas necessidades,  a leitura do artigo da Robina Shaheen (2010) a fim de compreender o papel da criatividade no processo de ensino e aprendizagem, leitura da obra de Maurice Tardif (2010) a fim de identificar os saberes necessários à prática docente, bem como do artigo de Libânia Nacif Xavier  (2014), necessário para se ter uma noção das condições de trabalho que interferem na qualidade de ensino do professor.

 

RESULTADOS E DISCUSSÕES

 

Não temos resultados conclusivos, visto que o projeto se encontra em andamento, mas podemos refletir que a motivação do aluno depende da qualidade de aula ministrada pelo professor e pelo uso de recursos que transformarão a aula mais participativa e mais atrativa para os estudantes.

No entanto, espera-se, com esse projeto, identificar os fatores que interferem na motivação e interesse dos alunos quanto à língua inglesa fazendo com que os alunos da rede estadual de ensino de Sergipe, mais especificamente no Colégio Estadual Ministro Petrônio Portela, não se sintam motivados a aprender essa língua que é extremamente importante para a inserção desses alunos em um mundo globalizado, sem fronteiras, mas que tem no expoente da língua inglesa a possibilidade de ampliação dos horizontes culturais do indivíduo.

Acredita-se aqui que “[...] incentivar práticas pe­dagógicas inovadoras que assegurem a melhoria do fluxo esco­lar e a aprendizagem, assegurada a diversidade de métodos e propostas pedagógicas (BRASIL, 2014) produzirá alterações impor­tantes para a melhoria da qualidade do ensino, abrindo um leque maior de possibilidades para os alunos. Dessa maneira os alunos que concluem o Ensino Médio poderão se interessar mais pelo aprendizado de uma língua estrangeira, ampliando os seus horizontes quanto ao mercado de trabalho. Assim, esta pesquisa possui potencial de aplicabilidade de seus dados a partir do momento em que dará a conhecer problemas associados a efetivação de políticas públicas do Estado de Sergipe voltadas para a solução desses problemas.

 

CONCLUSÕES

 

Feita a identificação dos fatores que interferem na motivação dos alunos, poderemos ter um olhar mais amplo com relação ao ensino da língua inglesa nas escolas públicas e, dessa maneira, refletir sobre as abordagens, métodos e técnicas necessários para a o aprendizado da língua inglesa. Além disso, será possível conhecer os números relacionados com a diminuição de docentes, para poder compreender as razões que minimizam os impactos de uma prática docente que não motiva o aluno e que não desperta o interesse pelo conhecimento da íngua inglesa.

 


Palavras-chave


aplicadas, ciências, humanas

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM. Simone (2016). Fatores que Interferem na motivação e no desempenho do aluno de ensino médio no que diz respeito à disciplina inglês: Um estudo de caso no Colégio Estadual Ministro Petrônio Portela.

AMORIM, Simone Silveira. O percurso histórico do ensino de Inglês no Brasil e a abordagem comunicativa no livro Yazigi. In: Anais III Seminário Internacional de Educação, 2007, São Cristóvão. A pesquisa em Educação: abordagens e a questão da inclusão social, 2007.p.1-10.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília:Mec/Semetec,2002.

SAVIANI, Demerval. O lunar de Sepé: paixão, dilemas e perspectivas na educação. Campinas, SP: Autores Associados,2014(coleção educação contemporânea).p. 46-73.

SHAHEEN, Robina (2010). Creativity and Education. Creative Education, 1, 166-169. Disponível em: < http://www.scirp.org/journal/PaperInformation.aspx?PaperID=3369>. Acesso em: 01 de out.2016

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional/ Maurice Tardif. 11 ed.- Petrópolis,RJ: Vozes, 2010. P. 9-15.

XAVIER, Libânia Nacif. A construção social e histórica da profissão docente uma síntese necessária. Revista Brasileira de Educação. Dez 2014, vol.19, nº 59, p.827-849 Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v19n59/02.pdf>. Acesso em: 1 de out.2016


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Semana de Pesquisa da Universidade Tiradentes - SEMPESq

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.