REDES SOCIAIS DIGITAIS NA DOCÊNCIA EM ARQUITETURA: UM ESTUDO DE CASO

Murilo Santos Lacerda, Ronaldo Nunes Linhares

Resumo


Este artigo apresenta uma breve discussão sobre a utilização do Facebook como instrumento de apoio à pratica docente no ensino superior. A experiência ocorreu no curso de Arquitetura, com alunos da disciplina Projeto de Arquitetura e Urbanismo I, utilizando essa rede social como um espaço virtual de aprendizagem colaborativa, mesclado com a personalização proporcionada pelo contato direto com o professor, numa perspectiva de ensino híbrido. É um estudo qualitativo, fruto de uma pesquisa-ação, com utilização de questionários e análise de discussões na rede. Os aportes teóricos utilizados foram os conceitos de rede de Castells, modernidade líquida de Bauman, educação híbrida de Moran, dispositivos digitais de Lemos, inteligência coletiva de Lévy, colaboração de Panitz e personalização de Schneider. Sobre os resultados, destaca-se que os alunos aprovaram a experiência, desenvolveram interação crescente durante o processo e intensificaram as trocas na construção do conhecimento.


Palavras-chave


Docência; Arquitetura; Redes Sociais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Encontro Internacional de Formação de Professores e Fórum Permanente de Inovação Educacional

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.