DIFERENCIAIS DE SEXO NAS INTERNAÇÕES REFERENTES A IMPORTANTES CAUSAS EXTERNAS NO ESTADO DE SERGIPE EM 2017

Catiane Nascimento dos Santos Souza, Anielle Feitosa Barreto, Thais Cordeiro Sena, Viviane Silva Rocha, Felipe de Souza Nery

Resumo


De acordo com a Organização Mundial de Saúde, estima-se que, a cada ano, 1,6 milhões de pessoas morrem decorrente das causas externas prevalecendo principalmente na população masculina. Assim, o presente estudo tem como objetivo avaliar os diferenciais de sexo nas internações segundo importantes causas externas no Estado de Sergipe em 2017. Trata-se de um estudo ecológico com base em dados secundários do SIH/SUS referentes às internações por causas externas em Sergipe em 2017. Foram notificadas 5.298 internações sendo que 71,6% ocorreram na população masculina, principalmente na primeira metade do ano. Considera-se, portanto de fundamental importância a fiscalização, implementação, e realização de ações eficazes, de prevenção e redução das causas externas.


Palavras-chave


Causas externas. Hospitalização. Trauma. Sexo.

Texto completo:

PDF

Referências


CERVANTES, C. A. D. et al. Análisis de al tendencia e impacto de al mortalidade por causas externas: México, 2000-2013. Salud Colectiva, v. 12, n. 2, p. 251, 24 jun. 2016.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Projeção da População do Brasil por sexo e idade: 2000-2060, 2013. Disponível em: < https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/projecao_da_populacao/2013/default_tab.shtm> Acesso em: 05 Abr. 2018.

MASCARENHAS, M. D. M.; BARROS, M. B. de A. Caracterização das internações hospitalares por causas externas no sistema público de saúde, Brasil, 2011. Rev. Bras. Epidemiol., São Paulo, v. 18, n. 4, p. 771-784, dez. 2015.

MATHIAS, T. A. F. et al. Confiabilidade dos diagnósticos de internações por causas externas financiadas pelo sistema Único de Saúde em dois municípios do Estado do Paraná, Brasil. Ciência e Saúde Coletiva, v. 19, n. 10, p. 4257-65. 2014.

MELO, A. C. M. Mortalidade de homens jovens por agressões no Brasil, 2010-2014: estudo ecológico. Cad. Saúde Pública, v. 33, n. 11, e00168316, 2017.

NATIONAL ASSOCIATION OF EMERGENCY MEDICAL TECHNICIANS. PHTLS: prehospital trauma life support, portuguese edition. S.l.: JONES & BARTLETT LEARNING, 2016.

NERY, A. A. et al. Perfil epidemiológico da morbimortalidade por causas externas em um hospital geral. Rev. Enfermagem UFPE, v. 7, n. 2, p. 562-71, fev. 2013.

SANTOS, Êmily Lima dos; SANTOS, Arielly Duarte Rabelo; SILVA, Karina Santos et al. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENFERMAGEM, 2017. Morbimortalidade por Acidentes de Transporte, segundo sexo, no Estado de Sergipe em 2015. Anais do Congresso Internacional de Enfermagem, maio, 2017. Disponível em: < https://eventos.set.edu.br/index.php/cie/article/download/5872/2197 >. Acesso em: 06 Abr. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.