ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA GESTÃO DE PROGRAMAS DA ESTRATÉGIA DA SAÚDE DA FAMÍLIA NA CIDADE DE CRISÓPOLIS – BA

Wellington Pereira Rodrigues, Kelly Albuquerque de Oliveira

Resumo


Trata-se de um estudo, exploratório, transversal, realizada nas Unidades básicas de Saúde, na cidade de Crisópolis – BA. A amostra foi composta por 6 enfermeiros gestores. Os resultados mostraram que a maioria dos enfermeiros estão na faixa de 20 a 30 anos (84%), e prevalência do sexo feminino, todos possuem carga horária de 40 horas semanais. Quanto a gestão foi observada que a liderança é uma característica imprescindível no trabalho da enfermagem nas unidades básicas de saúde, uma vez que, a enfermagem lida diariamente com outros profissionais como técnicos de enfermagem e auxiliares. Conclui-se que, dessa forma é cada vez mais necessários profissionais dotados de competências administrativas que possam planejar estrategicamente para melhor organizar os recursos materiais, financeiros. Além de que, a enfermagem deve ter lideres aptos a motivar suas equipes e colegas de trabalho e, acima de tudo mantenham o caráter humano em sua assistência.


Palavras-chave


Gestão em Saúde; Profissionais de Enfermagem; Atenção Primária à Saúde

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.