VARIAÇÕES TEMPORAIS RELATIVAS AO GASTO MÉDIO COM INTERNAÇÕES HOPITALARES POR CAUSAS SENSÍVEIS A ATENÇÃO BÁSICA EM SERGIPE NOS ANOS DE 2006 A 2012: Um estudo descritivo.

Autores

  • Matheus Correia Santos Universidade Tiradentes
  • Elisiane Mendes de Santana Universidade Tiradentes
  • Alyny Leal Santos Universidade Tiradentes
  • Lucas Correia Santos Universidade Tiradentes
  • Rebecca Maria Oliveira Góis Universidade Tiradentes

Palavras-chave:

Atenção primária a saúde. Causas, Indicadores, Gastos em Saúde.

Resumo

 

A atenção primária a saúde é a modalidade assistencial potencialmente capaz de melhorar os indicadores de saúde da população. Tem como eixo ordenador a Estratégia de Saúde da Família, que busca garantir assistência resolutiva evitando hospitalizações desnecessárias. Um indicador indireto da qualidade desse nível de atenção é o índice de internações por condições sensíveis da atenção básica, que serve para avaliar a qualidade desse nível de atenção e o desempenho dos serviços. Esse estudo objetiva  analisar variações temporais relativas ao gasto médio com internações hospitalares por causas sensíveis a atenção básica no período de 2006 à 2012 em Sergipe. Foram utilizados dados obtidos através do sistema de informações hospitalares do Sistema único de Saúde (SIH/SUS), do departamento de informática do SUS (DATA SUS). A partir dos dados encontrados foi possível concluir que as despesas hospitalares no SUS são crescentes, porém houve uma diminuição entre os anos de 2006 a 2011.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheus Correia Santos, Universidade Tiradentes

Estudante do 7º período de Enfermagem

Elisiane Mendes de Santana, Universidade Tiradentes

Estudante do 7º Período do Curso de enfermagem

Alyny Leal Santos, Universidade Tiradentes

Estudante do 7º Período do Curso de enfermagem

Lucas Correia Santos, Universidade Tiradentes

Estudante do 7º Período do Curso de enfermagem

Rebecca Maria Oliveira Góis, Universidade Tiradentes

Orientadora e Professora da Universidade Tiradentes

Referências

ALFRADIQUE, Maria Elmira et al. Internações por condições sensíveis à atenção primária: a construção da lista brasileira como ferramenta para medir o desempenho do sistema de saúde ( Projeto ICSAP – BRASIL). Cad. Sáude Publica, Rio de Janeiro, v. 25 n 6 p 1337-1349, 2009.

COSTA, Juvenal Soares Dias et al. Tendência das internações por condição sensível à atenção primária e fatores associados em Porto Alegre, RS, Brasil. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v. 21, n. 4, 2016.

COSTA, Juvenal Soares Dias; MARIMOTO, Tissiane. Internações por condições sensíveis à atenção primária, gastos com saúde e Estratégia Saúde da Família: uma análise de tendência. Revista Ciência e Súde Coletiva v 22 n 3, 2017

FERREIRA, Janise Braga Barros et al. Internações por condições sensíveis à atenção primária à saúde em uma região de saúde paulista, 2008 a 2010. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 23, p. 45-56, 2014.

JUNIOR, Pinto et al. Efeito da Estratégia Saúde da Família nas internações por condições sensíveis à atenção primária em menores de um ano na Bahia, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 34, p. e00133816, 2018.

NEDEL, Fúlvio Borges et al. Programa Saúde da Família e condições sensíveis à atenção primária, Bagé (RS). Revista de saude publica, v. 42, p. 1041-1052, 2008.

SOUZA, Dayane Kelle de; PEIXOTO, Sérgio Viana. Descriptive study on the evolution of hospitalization costs for ambulatory care sensitive conditions in Brazil, 2000-2013. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 26, n. 2, p. 285-294, 2017.

Downloads

Publicado

2019-01-07

Como Citar

Santos, M. C., de Santana, E. M., Santos, A. L., Santos, L. C., & Góis, R. M. O. (2019). VARIAÇÕES TEMPORAIS RELATIVAS AO GASTO MÉDIO COM INTERNAÇÕES HOPITALARES POR CAUSAS SENSÍVEIS A ATENÇÃO BÁSICA EM SERGIPE NOS ANOS DE 2006 A 2012: Um estudo descritivo. 2° Congresso Nacional De Enfermagem - CONENF, 1(1). Recuperado de https://eventos.set.edu.br/conenf/article/view/9399

Edição

Seção

Linha Gerencial