A IMPORTÂNCIA DA ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA OBESIDADE EM COMUNIDADES QUILOMBOLAS LOCALIZADAS NA ZONA RURAL E EM URBANIZAÇÃO DO ESTADO DE SERGIPE

Autores

  • Beatriz Santana Prado Universidade Tiradentes
  • Marcela de Sá Gouveia Universidade Tiradentes
  • Jessica Keyla Matos Batista Universidade Tiradentes
  • Taciana Silveira Passos Universidade Tiradentes
  • Marcos Antonio Almeida Santos Universidade Tiradentes

Palavras-chave:

Obesidade, Doenças Cardiovasculares, Grupo com Ancestrais do Continente Africano, Enfermagem.

Resumo

A obesidade é considerada um importante fator de risco para as doenças cardiovasculares, onde o enfermeiro é o profissional que tem um papel fundamental na mudança do estilo dos pacientes obesos. O objetivo do trabalho é analisar e comparar a prevalência da obesidade na população rural e da zona urbana dos grupos quilombolas do estado de Sergipe. Trata-se de um estudo transversal na qual participaram 390 quilombolas, sendo 241 moradores da zona rural e 149 moradores de áreas em urbanização, residentes em 15 comunidades quilombolas, estado de Sergipe. Na zona rural, 77% dos participantes estavam na categoria de peso normal/sobrepeso e 21% no grupo de obesidade. Na zona em urbanização, a taxa de prevalência foi 67% e 30%, respectivamente. Concluiu-se que há uma maior prevalência da obesidade na zona em urbanização em relação à rural e o enfermeiro tem grande importância na prevenção e tratamento da obesidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Santana Prado, Universidade Tiradentes

Ciências da Saúde. Enfermagem

Referências

BEZERRA, VM; ANDRADE, ACS; CÉSAR, CC; CAIAFFA, WT; Comunidades quilombolas de Vitória da Conquista, Bahia, Brasil: hipertensão arterial e fatores associados. Cad. Saúde Pública, v. 29, n. 9, p.1889-1902, 2013.

BEZERRA, V.M.; ANDRADE, A.C.S.; MEDEIROS, D.S.; CAIAFFA, W.T.; Pré-hipertensão arterial em comunidades quilombolas do sudoeste da Bahia, Brasil. Cad. Saúde Pública, v. 33, n. 10, p. 1-14, Rio de Janeiro, 2017.

BRAGA, V.A.S.; Nursing interventions with people with obesity in Primary Health Care: an integrative review. Rev Esc Enferm USP, v 51, p. 1-11, 2017.

BRASIL. Casa Civil, Presidência da República. Decreto no 4887, de 20 de novembro de 2003. Regulamenta o procedimento para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos de que trata o art. 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. Acesso em 04 de abr de 2018. Disponível:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2003/d4887.htm>.

FREITAS, R.S.; et al. Fenótipo cintura hipertrigliceridêmica: fatores associados e comparação com outros indicadores de risco cardiovascular e metabólico no ELSA-Brasil. Cad. Saúde Pública, v.34, n.4, Rio de Janeiro, 2018.

LOHMAN TG, ROCHE AF, MARTORELL R. Anthropometric standardization reference manual. Abridged, 1991. 90p.

MOREIRA, O.C.; Prevalence of coronary heart disease risk factors in physical education students. Motriz: rev. educ. fis., v.21, n.4, P. 1-6, Rio Claro, 2015.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA; SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO; SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA. VII diretrizes brasileiras de hipertensão. Arq Bras Cardiol., v. 107, 3 Suppl 3, p. 1-51, 2016.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2019-01-07

Como Citar

Prado, B. S., Gouveia, M. de S., Batista, J. K. M., Passos, T. S., & Santos, M. A. A. (2019). A IMPORTÂNCIA DA ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA OBESIDADE EM COMUNIDADES QUILOMBOLAS LOCALIZADAS NA ZONA RURAL E EM URBANIZAÇÃO DO ESTADO DE SERGIPE. 2° Congresso Nacional De Enfermagem - CONENF, 1(1). Recuperado de https://eventos.set.edu.br/conenf/article/view/9301

Edição

Seção

Linha Saúde Coletiva